quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

Porque faço sofrer tanto???

Porque consigo trazer tanto sofrimento a quem conheço??? Porque cada pessoa que gosto, consigo afastar??? E porque quem gosta de mim, eu só trago sofrimento??? Pensem, não serei eu a causa de todos os vossos males??? Pois magoei sempre qualquer pessoa que se aproxima... Por isso agora, quando olho para o meu lado, conto pelos dedos os amigos que tenho, e vou ser sincero, se cortasse os dedos, se calhar continuava a contar... Mas quero aqui afirmar uma coisa, e que se realize... Quando morrer, não quero enterro, quero ser deixado ao livre arbitrio, para poder ser completamente devastado pelos abutres... Pelos menos façam as vossas vontades quando eu morrer, batam, queimem, façam tudo o que sempre desejaram... Sei que vos faço sofrer, mas será por pouco tempo... Espero eu!!! Quero que sejam felizes... Sem mim, sei que o serão... Deixem-me ficar fechado no meu mundo, não batam à porta... Não toquem à campainha, se assim o fizerem, serão as pessoas mais felizes do mundo... Tipo Eduardo Mãos de Tesoura, no dia em que saiu, toda a gente gostou, e depois perceberam que ele não era bem vindo, é igual ao sentimento que têm por mim... Deixem-me aqui...

1 comentário:

Liana disse...

NÃO. não, nao, nao, não, não, sempre não. Não vais embora, não da maneira que insinuas. Podes sair pela porta de nossa casa, separar-te de mim, mas não deixar o mundo por uito cruel que ele por vezes possa ser. todod necessitamos de ti, ao contrário do que pensas, és a nossa luz, a frça que nos faz levantar e manhã e encarar um novo dia.