terça-feira, 8 de setembro de 2009

Como era belo...


Recepção calorosa, casa silenciosa, percorro os divisões à procura de ti, não te encontro, chamo e nada recebo em troca... Vejo uma porta fechada, entro, cama vazia, vejo uma porta abrir-se devagar, paro e fico à espera, para ver quem está... Sais, de cor lilás, transparente, onde se vê as curvas do teu corpo, desenhado como que por um artista... O teu olhar penetrante, percorre e arrepia-me, de uma forma tal, que me esqueço que estou ao telemóvel... Chegas perto de mim, não dizes nada, apenas te ajoelhas e começas a desapertar as minhas calças... Lentamente, percorres a minha pele com os teus dedos macios... Despes-me os boxers e colocas os teus lábios nele... Brincas enquanto falo ao telemóvel, deixando-me num estado tal... Já nem sei o que digo... Desligo a chamada, deixo-te navegar pelo meu corpo com os teus lábios e dedos... Quando paras, deitas-te e olhas para mim, puxas-me para ti, beijo-te, louco de desejo, levanto-te, vou baixando a camisa esburacada que me deixa antever o que tem por baixo... Beijo os teus mamilos... Encosto-te à parede, com as mãos na parede, ajoelho-me perante ti, coloco a minha língua dentro de ti... Deixando-te num estado tal, que não te seguras de pé... Pego em ti, e levo-te para a cama, entro dentro de ti, e gemendo de uma forma tal, que até os vizinhos da cidade ao lado percebem o nosso prazer... Gritos, gemidos, momentos, que contigo são saborosos... Querendo sempre mais e mais, porque a sua intensidade é a cada segundo maior... Momentos belos, que contigo, me fazem sentir, belo... Sonhos que se tornam realidade... De tudo e de nada, contigo é sempre especial... Até mesmo o facto de ficarmos horas a fio a falar, sem mais nada de acrescento, é belo... Os risos que damos, por coisas parvas, mas que para nós está no topo, naquele momento... Beleza inigualável o teu olhar vidrado no meu... Dando tudo de mim, recebendo tudo de ti, a máxima que temos um para o outro... E que nos faz querer ainda mais, que no segundo seguinte estejamos juntos outra vez e mais e mais... Felicidade eterna é o que me fazes sentir e querer lutar, para que não morra... Sei que a luta vale a pena... Amo-te Diana...

1 comentário:

angel disse...

Também te amo muito meu moreno lindo...
Só contigo sei o que é realmente ser feliz.