sábado, 28 de fevereiro de 2009

"Foca"


A felicidade no olhar, nas palavras, nos actos... Na miragem, no sonho, na realidade... No desejo, no amor, na amizade... No toque, no aroma, na sensação... Qualquer que seja, apenas sei que teremos o que sempre desejamos e que sempre quisemos... Apenas o desejo pode chegar, apenas o sentimento forte que se coloca poderá trazer... Mas sei que o que quer que o futuro nos reserve, apenas o nosso amor, chegará para tudo... Sei que somos o que somos, porque somos apenas um só... Sei que teremos aquilo que tanto ansiamos... Desejos... Tudo... Nada... Apenas o que temos pode ser o que chegue para termos mais ainda... Tudo e nada... Pois o nosso amor chegará apenas... Lindo, belo, delicioso, cada vez que olho para a "foca"... Sei que chegará o dia de a ver andar, mas até lá, bastará o nosso desejo e amor... Eu sei que queres e que serás mais feliz ainda... Acredita, chegará esse dia da "FOCA"...

Momentos


Momentos unicos, momentos recordados, são todos aqueles que nos marcam, em qualquer momento ou circunstância das nossas vidas, e assim podemos guardar as coisas que nos fazem felizes, ou crescer, tentando sempre que as coisas negativas não estejam lá, para podermos avançar e crescer com elas... Momentos belos, que nos fazem ficar deslumbrados, maravilhados, até mesmo fantasiados com o que se passa, ou que vemos, ou sentimos, isso tudo em cada momento certo, é um passo mais em direcção à felicidade eterna... Existem momentos bons e maus, em tudo, existem coisas que nos fazem dizer disparates, ou apenas ficar pensativos com o que aconteceu, para não voltar a ter momentos assim... Poderemos nós segurar todos os momentos, para que em nenhum momento possa existir momentos menos agradaveis??? Não, não podemos, podemos mesmo é tornar o que é mau, em bom e assim podemos sempre pensar que afinal não existem os tais momentos maus, mas sim instantes... E de todos os momentos que passamos lado a lado, não posso me queixar, pois sei que em todos eles, tivemos sempre momentos bons, pois tudo o que se passou e passa, apenas serve ainda mais, para fortalecer o nosso amor... Nossos momentos são simplesmente geniais, e quem me dera que deles fossem feitos a minha vida, agora que te conheci, e que tenho o teu amor, e te consigo mostrar o meu, queria até ao limite voar nesses momentos, e poder dizer, que na vida, apenas existem coisas boas... Contigo do meu lado, apenas o belo existe... Contigo, sei o que é dizer, a vida é bela... Mesmo, mas mesmo quando correm mal as coisas... Contigo apenas o belo existe... Nada mais... Alias, a começar por ti, nada mais belo existe... Obrigado...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Sonos de anjo...


Sonos de anjo... São sonos são suaves e profundos que nos deixam tranquilos no olhar para eles... Fazendo com que tudo o que nos rodeie deixe tão pouco de existir... Fazendo nos querer também abraçar, deitar do lado e ficar assim a admirar as suas faces enquanto relaxam... São suaves na sua forma de ser e profundos pelos descanso que provocam... Sendo uma maravilha observar e poder estar enrolados no seu ser enquanto o fazem... Dormindo como um anjo, já conhecia a expressao, não a conhecia na realidade de ver... Assim, olhando para ti, enquanto dormes, fazes-me sentir paz... Fazes-me sentir ainda mais vontade de te amar... De te dizer que te amo a todo o instante... Apetece mesmo beijar-te sempre... Dormindo como dormes, fazes com que o mundo seja intensamente belo... Suavemente assim como só tu o sabes fazer... Linda como sempre, deslumbrante como nunca, a essencia do teu ser... Linda, minha Deusa...

Beijos Teus...


Beijos, doces, carinhosos, meigos, fofos, sensuais, deliciosos, maravilhosos, espontaneos, roubados, dados, amorosos... Podem ser de diversas maneiras, mas sempre com a intenção de dar algo bom ao outro... Sempre com o interesse de deliciar a alma do outro... Umas vezes para provar algo, outras como pedido de desculpa, outras como forma de provocar... Imensos tipos, formas, todas elas boas... Sempre deixando um rasto de alegria quando são trocados... Quando se descobre o prazer de beijar o outro, fica tipo um vicio e não se consegue largar mais... Queremos sempre, a toda a hora... Beijar, beijar e beijar... Para depois no final, com aquele ultimo beijo sairmos com um sorriso fabuloso e maravilhado pelo outro ser... Isto são os beijos quando trocados por duas pessoas que se amam... E os teus beijos deixam-me pretrificado cada vez que mos dás... Aquando te roubo um, fico maravilhado com o teu olhar... Beijos e beijos e depois mais beijos... Adoro-os e amo os teus...

Toques...


Conhecer o corpo do outro de uma forma natural é uma sensação maravilhosa, pois conseguimos provocar reacções intensas, tocando em locais que serão normais aos olhos dos outros e conseguir estar a provocar sem ter que mexer naqueles sitios mais normais... É saber onde tocar, falar e beijar em publico, mas provocar essas reacções... É ter o conhecimento perfeito e saber o que provoca o que e onde... Saber que existem sensações novas a ser conhecidas aquando da mistura de toques, gestos, beijos e caricias... É dar a volta ao universo em apenas alguns segundos depois de toques subtis... É fantastico conhecer um corpo de forma a poder provocar esses sentimentos e sensações... Ai Ai... Que bom... Só de pensar nisso... Mas pronto, ficará para outras oportunidades...

Corpos...


A miragem de um corpo, pode ser algo de apaixonante ou decepcionante... Sempre com a emoção de ver o que de novo tem, ou o que ainda não se descobriu, pelo menos é assim que vejo a relação de despir alguém... Não me decepciono com o que vejo, pois é belo e a cada pedaço descubro sempre algo novo e que me deixa deslumbrante, ou em termos de toque, ou em termos de aroma... Cada pedaço teu, é um pedaço de céu... É um pedaço do paraíso que amo... Apaixono-me sempre a cada momento em que vejo pedaços do teu corpo, pois, a tua beleza desperta interesses e emoções que apenas a ti consigo explicar... São pedaços do teu corpo, desde os pés, até à raiz do cabelo, que me mostra o teu à vontade comigo... São formas de te mostrares a mim... Sendo que o teu interior demonstra que qualquer que seja o teu corpo, serás sempre linda e que demonstrarás sempre que a beleza é o que queremos que seja e não apenas o que se mostra... Por isso digo-te que a cada pedaço do teu corpo, a tua beleza é real e que sejas tu como sejas, amarei-te sempre... Sim, porque o teu interior, é perfeito, e aquando da sua junção com o exterior, é algo jamais visto... Belo, Lindo, Maravilhoso... Batendo qualquer por do sol à beira mar, num dia de verão com calor intenso... És o meu sonho de mulher, quer exterior, quer interior... A conjugação perfeita do que é ser mulher... Amo-te minha deusa... Amo-te Diana...

Estou do teu lado...


Aquilo que somos, é a união do nosso corpo, mente e espirito... Somos sempre nós, mesmo quando não gostamos do nosso corpo, temos que olhar para o espelho e dizer, obrigado por ter o que tenho... Sempre deveria ser assim que deviamos ver as coisas... Sempre agradecendo que temos, e não nos deixarmos levar pela má interpretação que as coisas possam ter, devemos sempre agradecer o que nos é dado e se nos é dado, é porque o devemos ter naquele momento... Apenas julgo que estamos sempre mais interessados com aquilo que os outros possam dizer, e por isso deixamos de fazer ou fazemos certas coisas, porque assim, os outros não criticam... Como aprendi um dia, com alguém que me ensina muitas coisas, Não critiques, auxilia... É sempre uma forma correcta de ver o que se tem... Ou não... Pois muitas vezes não somos capazes de reagir aquele momento pior e não nos apetece mesmo nada de nada... Apenas quero que saibas que estou do teu lado, momento bom ou mau, momento azedo ou doce... Até mesmo se pesares 33859238 kilos ou apenas 23 kilos... No sorriso ou nas lagrimas... Na prosperidade ou na doença... Estarei sempre aqui, de braços abertos para te receber... Sim, porque o fazes a mim, e porque me sinto bem do teu lado.. Estarei aqui até me deixarem... E quando não deixarem, estarei sempre a olhar por ti... My Queen you are everything to me!!! Thanks for all...

Felicidade a quanto obrigas...


Sentimentos revoltosos de coisas que se passam, de coisas que se dizem, e até mesmo de acções, porque é que a melhor forma que as pessoas acham para tentar magoar, é usar as pessoas de quem se gosta??? Falar, para que??? Pensamentos que devem ficar apenas como tal, pois assim, apenas a pessoa fica com eles, sem ter que magoar alguém, colocar coisas nas cabeças dos outros, para deixar ainda mais marcas... Para que tudo isso??? Porque é que a felicidade é um bicho que incomoda??? Porque será que teremos sempre que pensar que afinal não era assim tão facil chegar lá... Será que poderemos ser felizes, apenas porque o somos realmente, sem ter que ter sempre alguém a importonar??? Mesmo que a função não seja directa, mas atingindo quem gostamos, então, deixa sempre marcas... Será que a minha felicidade é assim tão má para os outros??? Será que o que me dão é assim tão diferente do que devia ser o amor??? Ou será que agora que sou mesmo feliz, encontrei alguém que me mostrou o que era a felicidade e que me dá todo o carinho do mundo, mesmo quando não estás do meu lado... Percebi que para ser feliz, terei que me ausentar do meu pensamento e aceitar as coisas como as outras pessoas querem, pois apenas assim, deixarei de pensar que as coisas fazem e dizem, não é para me atingir, mas sim para descargo de consciência, mesmo sabendo que as coisas não são assim... A felicidade apenas interessa a quem quer fazer dela um bem para a vida... E eu quero esse bem e descobri quem me ajuda a faze-lo... Quero lutar pelas coisas que realmente me fazem felizes e nada mais... abstrair dos problemas que os outros tentam criar...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Amo-te...


Na loucura...
No desejo...
No sentido...
No amor...
Na amizade...
Na cama...
No chão...
No carro...
Por cima...
Por baixo...
Até de lado...
Pela frente...
Por trás...
De diferente formas...
De diferentes posições...
De diferentes visões...

Até no sexo...

Simplesmente para te dizer...
Apenas sei que o nosso amor está sempre presente...
Mais uma vez a levarem para o Kama Sutra...
Me gusta tu!!!
Anata no watashi no kokoro desu!!!
KISSU!!!

És a minha luz...



Raio de luz ao fundo de um tunel é o que procuramos quando estamos lá dentro, sem saber onde é a saida... Do teu lado, a luz é sempre visivel, pois tens uma iluminação que deixa toda a gente a olhar para a sua beleza, não tendo como evitar à tua passagem até te conhecer, depois jamais ela apaga dentro de nós e sabemos que ali, está a luz que nos faz sorrir sempre... És a luz que faz florescer as flores na primavera, as luz que sai do sol aquando da beleza de um por de sol ao fim de tarde, junto ao mar, sem nuvens... És a luz que brilha na neve, num dia de neve fabuloso e maravilhoso... És toda a luz que a natureza procura para poder dar à humanidade algo em que acreditar... És o meu raio de luz, brilhas tão intensamente que mesmo quando não estás do meu lado, eu vejo o teu brilho só de pensar em ti... Amo-te por tudo o que és... Pela tua simplicidade complexa, pela tua complexidade mais simples... Pelo amor que tens pelas coisas... Pela luz com que executas tudo onde mexes... Amor, és apenas a minha luz mais bela que alguma vez vi e que me deixa deslumbrado a olhar horas para ela... Amor, és a minha luz...

Diana, To you...


Julgado pelo passado, riscando o presente, avisado pelo futuro, a minha vida resumida até te conhecer... Passado uma coisa que já foi mas que sempre foi perseguindo a minha vida e que fazia com que a felicidade fosse algo que faltasse sempre algo... Presente o que era no momento, sempre eu, mas com algumas reservas pelo que restringia a minha felicidade... Futuro, algo que me fazia pensar que ia acontecer e que me estragaria o meu pensamento de felicidade... Nunca consegui ser realmente feliz, se calhar por minha causa, por tudo o que o meu pensamento afectava e que fazia com que as outras pessoas, fossem perdendo o interesse, se calhar este é o meu desafio... Acreditar em mim, e poder viver, com o passado, presente e futuro sempre presentes na vida e não só no pensamento... Sentindo do teu lado, pela primeira vez, a junção dos três tempos... Sou feliz, como nunca fui, amo como nunca amei, desculpem todos os meus passados, mas esta é a realidade... Amo-te como sei que um dia sonhei que amaria alguém... Voltaste a fazer ser eu, quando me estava a tornar em alguém que sempre critiquei, aprendi do teu lado a amar os meus filhos, quem me quer bem e não apenas o pensamento em mim, centro-me em algo de belo, o amor... A unica coisa que me interessa o amor... Sempre disse que o amor é que conta... Sempre foi uma expressão minha, nas horas dificeis, mas será que sabia disso??? Não sei, agora sei que é mesmo só o amor que conta, nada mais... Serei feliz do teu lado, sempre... Infinitamente sabendo que não seremos vivos para sempre, que um dia, nos iremos separar, mas que nesse dia, será a preparação para algo eterno do outro lado... Estarei do teu lado, sempre, quer vivo, quer morto, pois contigo, aprendi, realmente o que é o amor... Preparei durante anos a minha vida, para a felicidade, passei por momentos dificeis e no dia em que cheguei ao fundo, estavas lá tu, para me dar a mão... É assim a vida, quando desistimos, as coisas aparecem... Amor, nada mais a acrescentar, sendo lamechas, eu sei... Mas eu amo-te como nunca amei ninguém... És um verdadeiro paraiso terreste... És o que me faz vibrar na horas boas e más... És o que me faz lutar pela minha vida... Pelos meus filhos, obrigado, por me voltares a mostrar o que é importante... Amo-te Diana...

O meu ser...


Apenas sei que sei o que sei, porque sei o que sei, graças a saber o que sei, sabendo apenas que sei aquilo que sei e mas não posso saber, porque isso já não sei... Depois de tanto sei e não sei, fiquem sem saber aquilo que sei, mas penso ainda que sei que o que sei é que sei aquilo que te tenho dito e isso é uma certeza daquilo que sei, sabendo ao certo que não é algo que não sei, porque sei o que sinto, que digo e que faço, não deixando de saber que o que me mexe e me anima é saber que sei o que sinto por ti... No meio de tanta coisa, espero ter demonstrado que sei o que sinto por ti, o que quero para nós e que o que me faz sorrir, és tu... Sentindo que o sentimento é reciproco e que te faz ser feliz... Apenas sei que o que me interessa é a felicidade de quem amo, acima de tudo, é o que sei... Sabendo que saberei sempre que o nosso amor é eterno... Mesmo antes de te conhecer, eu já te amava... Porque és o sonho de uma vida, o que me faz ser o que sou... Na loucura, na insensatez, na felicidade, na amargura, na tristeza, nos desvarios, na paixão, em todo o lado que andava, em tudo o que fazia, a busca por ti era imensa... Poderei ter falhado até chegar a ti, mas sei que foi por ti que procurei, agora que te encontrei... Mas tenho a certeza que para te descobrir, eu tinha que passar por onde passei, só assim posso apreciar realmente o teu amor... Agradecendo pelo facto de estares quando não estás, pelo facto de estares junto, quando estás... Agradecendo por tudo e por nada, sim, porque tu até no nada, consegues mostrar o que é ser feliz... Obrigado pelas coisas boas da vida que me deste, nada me tiraste, apenas me mostraste como ter... Obrigado... Simplesmente obrigado... Lamechas, de novo, eu sei, mas às vezes precisamos... Amo-te infinitamente até ao limite do meu ser... Amo-te não apenas somente, mas sim, porque amo-te...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

As palavras...


Palavras que podem aparecer a qualquer momento, dentro e fora do contexto, sensações que são provocadas por essas mesmas palavras, odios, amores, desilusões, ilusões, paixões, verdades, mentiras, imensas são as formas como essas palavras podem ser ditas, mais ainda a mesma palavra tem intensidades diferentes, mediante quem está à nossa frente para as receber, mediante o nosso humor, até mesmo mediante a paisagem que temos na nossa visão... São as palavras, que nos fazem sentir bem ou mal, que nos fazem rir ou chorar, que nos fazem ficar alegres ou tristes... Palavras ditas ou não ditas, estão sempre presente no nosso dia a dia, fazendo com que as pessoas se entendam, se discuta, se criem amizades, se tornem inimigos.... Palavras que podem chegar a ser tão intensas que podem tocar naquele ponto onde não pensavamos ser possivel chegar, onde julgavamos que só nós, na nossa imaginação chegavamos lá, pois era o nosso porto de abrigo, aquele local fechado que mais ninguém conhecia... Palavras que conseguem destruir muralhas, conseguem ultrapassar portas sem chave, que fazem sorrir sempre, mesmo quando temos que chorar... Essas são as palavras que nos deixam a voar de felicidade, que nos deixa sem medo de nada... Que nos faz acreditar que existem palavras poderosas... Palavras que nos deixam a querer mais, dependentes da felicidade, pois elas nos provocam um extase tal que nos faz querer sempre ser assim... As palavras que nunca te direi, é algo que toda a gente tem, não querer dizer algo, ficar sempre com algumas para si... Agora eu liberto-me dessas palavras, pois aprendi, que mesmo no silêncio digo-te as palavras todas e que nada quero esconder, nem consigo, as palavras para ti são totais, não existe restrição... As palavras que me dizes, mesmo quando não dizes, fazes com que o meu ser seja ainda mais perfeito, pois sente-se um ser feliz e completo... As palavras serão ditas até à eternidade, e mesmo depois de lá, sei que continuaremos a dizer um ao outros as palavras que nos aprendemos... As palavras e o seu poder, aprendi com alguma idade a sua utilidade, mas ainda aprendi a tempo, de as poder usar...

Acreditar...


Acreditar, que o nosso destino está desde o inicio traçado, é apenas uma forma de aceitar que o que nos acontece, teria que acontecer, quer nós o quiséssemos ou não... Apenas depois falta saber a intensidade, e com que alma nos aceitamos as coisas... Tendo sempre uma noção de que quanto mais acreditarmos nas coisas que sentimos, mais nos invadem as duvidas de algo de mau, pois isso é sinonimo que acreditamos mesmo que ali está algo de bom para nós... Serão essas duvidas suficientes para derrubar algo, não acredito, pois apenas temos que continuar a lutar por aquilo em que acreditamos...Queremos ser felizes, muitas vezes não sabemos como, queremos amar, muitas vezes não sabemos quem... Apenas queremos algo que ainda não temos... Quando lá chegamos, sendo de verdade, algo em que se acredita, então começamos a ter medos, incertezas, duvidas, porque??? Porque a condição humana assim nos fez, e só assim podemos lutar sempre por algo... Porque se não deixávamos de lutar e relegávamos aos outros essa missão... Medo, de perder, imenso... Incerteza de que seremos felizes, talvez, mas para isso luto todos os dias, para a nossa felicidade... Duvidas, isso é a unica coisa que não tenho, pois sei o amor que tenho por ti, e que tens por mim... Seremos felizes sempre??? É para isso que lutamos diariamente, para que o amor não morra, mesmo quando aproveitamos os momentos de silêncio para dizer que nos amamos... Seremos eternos, isso não, mas o nosso amor sim... Teremos a felicidade ao virar de uma esquina sempre??? Sim, pois lutamos e criamos as condições para que ela apareça... Sentimos o mesmo amor, sentimos uma amizade brutal, sentimos que somos unicos, mesmo sem o ser... Queremos ser apenas nós e nós mesmo na nossa felicidade... Estaremos unidos para sempre, até ao infinito... Acreditamos na acreditação que o destino tem para nos fazer acreditar que seremos incrivelmente felizes, mesmo dentro de uma infelicadade que possa vir, mesmo que a felicidade pareça que nos escapa, sabemos que acreditando, ela estará ao nosso redor, pois acreditamos no nosso amor, e lutamos por ele...

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Voar nos teus braços...


De tanto e tão pouco, de longe e de perto, na confusão da acalmia, a resolução mora sempre ao lado, nos momentos mais calmos e tranquilos, tentados a fazer o que a ira nos leva a fazer, resolvendo tudo pela negativa enquanto se deve parar e pensar para poder ter a positiva alma do nosso lado, sentindo o amor, a emoção, a alegria de poder viver um amor real, gostando de voar nos braços de quem merece, gostando de olhar nos olhos de quem nos dá a vida como um paraiso, mesmo naqueles momentos que apenas não queremos ter ninguém do lado, desistir, não é, nem nunca foi solução, apenas a luta nos faz viver mais e nos faz querer algo com força, para podermos estar sempre no auge... Acreditar em nós mesmos, acreditar que tudo é possivel, viajando sempre nos braços de quem nos quer... Amando e ser amado, segurar e ser segurado, puxar e deixar ir... Momentos irreflectidos, mas que feitos naquele momento, nos fazem pensar... O amor, tem muitas coisas, más, não conheço nele, pelo menos contigo, pois tudo nos faz crescer e nos faz ter a força do nosso amor cada vez mais intensa, de forma a que ninguém lá chegue... Quero poder estar, falar, deitar, amar, receber e dar... É assim que é o amor, voar nos braços de alguém... Acreditar que a nossa felicidade vai fazer com que o mundo ao nosso redor também a sinta... Sendo que o que apenas queremos é ser felizes, acreditar que cada momento juntos, nos faz amar-nos mais ainda, acreditanto que os momentos a sós, nos faça sonhar e sentir o amor, mesmo que à distância... É assim o nosso amor... É assim que me fazes sentir... Acreditar que a felicidade quer algo comigo, que serei alguém na vida de alguém, e não apenas um ali...Tendo um ponto forte, a amizade que temos um pelo outro, ainda nos faz sentir mais amados, pois sabemos que nos braços um do outro, podemos desebafar as coisas que temos... Sinto que sou feliz, finalmente... Agradeço sempre, todas as noites, pelo facto de tu, para além da tua beleza incalculavel, o teu ser fenomenal, o teu olhar carinhoso, o teu sorriso maravilhoso, teres o teu coração para mim... Obrigado meu amor... Obrigado por me deixares voar nos teus braços... Obrigado...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Voando...


Sentado numa poltrona à beira mar, a mirar o horizonte, olhando para algo belo, que não tinha definição, senti uma leve brisa fazendo os meus cabelos mexerem-se, sentindo um toque subtil no meu peito, deixando-me suavemente esvoaçante pelo ar, e elevando-me até às nuvens, julgando estar a voar em algo desconhecido, não querendo abrir os olhos, percebendo a pouco e pouco que algo tem forma, e que forma... Sonhando, pensando, mas nunca lá chegando, pois não pensava sequer ser possivel, que um dia a mim chegasse tal ser... Estando a pedir-me para lentamente abrir os olhos, perceber a maravilha que a paisagem nos reserva, pedindo também para não lhe olhar nos olhos, para podermos ir voando sem que algo nos aconteça... Ao olhar para o tal horizonte que antes era longinquo, percebi que afinal está bem perto de nós, basta acreditar nele... Aos poucos, sua voz, foi entrando suavemente no meu corpo, fazendo estremecer, a cada palavra sua... Quase a chegar ao fim da viagem, pediu-me para olhar nos seus olhos... Ao olhar, bem nos seus olhos, vi uma rainha com corpo de princesa e uma deusa paradisiaca, descobri que ela, eras tu!!! Ela era a deusa rainha que me faz vibrar e amar... Amor, já não sei mais descrever o quanto te amo... Apenas agradecer por tudo mesmo... Amo-te infinitamente e não apenas somente...

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Amor...

Agora sei meu amor...

Doces fantasias...


Doce em todo os seu esplendor, avançando no tempo, recuando na esperança, amando intensamente e mesmo assim conseguindo sempre evoluir esse amor, levantando os braços, erguendo a voz, gritando com alma, amando o teu ser... Todas as doces fantasias que me provocas que me levas a sonhar, que me deixas na ilusão de ter conquistado o mundo, mesmo quando debaixo dele estamos... Criando o nosso mundo, a nossa vivencia faz com que o amor que temos, exista para além da nossa alma... Desejando brevemente e arduamente que toda a gente consiga chegar um dia perto do que temos, não queremos ser os unicos, queremos ser unicos... Abrindo as garrafas de champanhe, ecoando os tambores, vibrando com os foguetes, delirando com o fogo de artificio, tudo apenas só visto por nós, mas com sabor a maresia... Andando por todo o lado, vendo toda a gente sorrir com a nossa sorte, a sorte de nos amarmos... Lutamos, procuramos, vimos e achamos, não largamos, mesmo no limite do nosso ser, estamos aqui juntos e para além do fim... Amamos e somos amados, um pelo outro, o outro pelo um, somos 2, somos 1, somos o que quiserem, pois no final, apenas nós sabemos que somos imensamente... Doces fantasias me fazes viver... Obrigado meu paraiso, meu amor...

Paisagens unicas...


Como uma paisagem linda, através da visão de dois seres apaixonados consegue-se transformar em algo que apenas eles o vêem... O amor, é algo que transforma a nossa visão e a nossa forma de ver o mundo... Faz com que as coisas boas estejam sempre mais além e que quando algo de mau aparece, conseguimos apanhar as boas e sermos felizes na mesma... Lutando até ao fim, para que o amor, não acabe, lutando por um amor que cresce e que nos faz pensar que até no infinito seremos felizes, e sabendo sempre que o nosso amor, é algo que jamais será esquecido... Todas as coisas que passamos, boas ou más, têm sempre fortalecido o nosso amor... Estaremos juntos mesmo quando não estamos, e a nossa luta, será eterna pela felicidade do outro... Aproveitando para irmos embelezando os nossos seres, pois as paisagens vistas ao lado um do outro, faz com que sejam sempre unicas... Meu amor, Amo-te muito muito muito... Amo-te imensamente até ao infinito e não apenas somente... Obrigado pelas alegrias...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Beijo ao por do sol...


Aquele beijo naquele por do sol, deixou-me maravilhado com a plenitude do teu ser, deixou-me ainda mais apaixonado por ti... Fez-me ver ainda mais o verdadeiro anjo que és, o fantástico paraíso que tens em ti e que me transmites... Fez ainda me querer mais estar do teu lado, a olhar para tudo o que de belo existe e que tanto adoramos... Sei que aquele beijo ficará para sempre na eternidade das nossas almas... Sei que foi um beijo que nos marcou... Sei que o nosso amor, a partir desse dia, cresceu sempre e que ainda cresce diariamente... Aquele beijo ao por do sol, como se tratasse da união das nossas almas, foi um bonito momento que jamais irei esquecer... Obrigado meu amor pelo teu amor e por aceitares o meu... Anata no watashi no kokoro desu... Kissu...

Juntos no olhar...


Vistas as coisas pelo mesmo olhar, pela mesma perspectiva, torna as coisas ainda mais belas, mais sentidas e principalmente quando estamos em sintonia em tudo o que vemos e amamos... Olhar para aquele longínquo juntos, onde um dia estaremos juntos, faz com que ainda seja mais sentido tudo o que se passa ao nosso redor, sabendo que seja quem seja que lá chegue primeiro, apenas estará a preparar tudo para a recepção do outro... Se isso não é amar, então afinal o que é o amor, se saber que mesmo quando não estamos, estamos e que sempre daremos a mão, mesmo não tocando... O mais belo foi visto quando estivemos juntos no olhar... Quando estamos juntos no olhar... E quando estaremos juntos no olhar... Uma certeza fiquei hoje, estaremos juntos eternamente... Para sempre juntos no olhar...

Beleza ao horizonte...


Sei que por mais que procure, nenhuma beleza se igualara às todas que vivo contigo, que nenhuma se aproxima perto da tua, que as visões mais belas que tive, tenho e terei, serão sempre na tua presença... Que ao horizonte mais longínquo a beleza será sempre uma miragem, e que apenas quando estivermos lá, as conseguiremos ver, juntos como sempre... Sei que aguardaremos pelo tempo certo para as podermos ver, apenas sei que neste momento já estamos preparados para o que vier e que sempre estamos juntos e que o nosso amor é demasiadamente forte para o que quer que seja o destrua e disso faz com que a minha felicidade esteja do teu lado, como julgava que apenas era possível amar nas historias de encantar... Amor, volto mais uma vez a dizer, o meu obrigado por tudo o que me dás...

Razão de ser...


Por tudo o que já passei, por tudo o que já vivi, sei que existem razões de ser para tudo, para a luta, para a desistência, para a fuga, para o enfrentar... De todas as razões de ser de algo, tento sempre perceber o melhor que tem e que me pode ensinar, geralmente traz sempre algo dentro de mim, que não consigo controlar, ou riso, ou choro, ou o querer estar sozinho, ou o querer estar no meio de gente, sem lá estar... Por mais que entenda, quando as coisas são para ser sentidas na pele, geralmente o controlo emocional das coisas fica mesmo fora de mim... Sei que o universo está de acordo com a vontade superior e a fazer-me ver as coisas pela melhor forma, não querendo ser egoísta, mas sim, ver as coisas pelo melhor para todos... Se o estar é bom, estaremos... Se o não estar é bom, não estaremos... Apenas a certeza que estarei sempre na mente, estarei sempre lá... E que por mais que passemos, no final, sei que nos reserva uma vida simples e de grande felicidade... Por isso, qualquer que seja os desígnios superiores, iremos estar quando estaremos juntos, mas com a certeza que jamais nos separamos... Obrigado my paradise...

Universo...


O universo, mesmo adverso, é sempre algo que nos faz aprender, a dar e a receber, a lutar e a desistir, tudo tem sempre uma razão de ser, a forma de estar, o sentimento que aparece naquele momento, a vontade que dá em alguma altura, o sacrificio que se tem que passar, as alegrias que nos aparecem, o amor que temos, que recebemos, as amizades que se criam, que se vão apagando, tudo junto, é sempre em prol do nosso crescimento, de baixar ou levantar a guarda... Temos que estar preparados para tudo, para o bem, onde qualquer um consegue estar e para o mal, onde só nos apetece gritar com toda a gente, como se todos tivessem culpa... Aprendi do teu lado a ter o universo sempre ao nosso redor, no bem e no mal, agradeço por tudo o que me ensinas e que me ajudas a passar nos momentos mais adversos, aprendi contigo a agradecer sempre o que se passa comigo, no bem e no mal, mesmo sabendo que às vezes o mal, é mais forte e muito complicado de agradecer nos momentos em que os passamos... Contigo do lado, estou a ter imenso prazer em construir os alicerces do meu ser... A crescer espiritualmente, e cada vez mais forte... Estando aqui sempre pronto para ajudar... Quero estar, quero ser, quero ajudar... Quero poder dizer que estás, que queres ser, e que ajudas... Quero a dois fazer uma vida em conjunto... Contigo sou feliz e o universo sabe disso... Por todas as provas que tenhamos que passar, sei que ele estará sempre em harmonia ao nosso sentimento... Quero a tua felicidade, sempre, em qualquer local e circunstancia... Quero o teu bem, sempre, de qualquer jeito... Tudo o que estiver ao meu alcance, eu farei, para te ver sorrir, mesmo tudo... Apenas e para terminar, sei que sabes o que sinto, e que o que quero é a tua felicidade, seja de que maneira for... Amo-te imensamente até ao infinito e não apenas somente... Tu és o meu universo... Obrigado meu amor...

domingo, 15 de fevereiro de 2009

És a minha alegria...


És a minha alegria, o que me faz lutar pelas coisas que devo lutar, o teu sorriso inspira-me a fazer os melhores feito do universo, o teu olhar com que eu esteja na lua, o teu abraço faz-me sentir que estou em porto seguro, as tuas lagrimas fazem-me procurar o meu melhor ser para ajudar a limpa-las... Tudo o que se passa, faz com que a alegria e a felicidade estejam sempre presentes, pois contigo sou feliz, contigo quero mostrar ao mundo o que tenho... Obrigado pelo ser maravilhoso que és, obrigado pela tua beleza interior... Meu amor, simplesmente obrigado... Amo-te infinitamente e não apenas somente... Anata no watashi no kokoro desu!!!

Gratidão de poder estar...


Costuma-se dizer que o azar de alguns é a sorte de outros... Desta vez não se trata disso, apenas de conseguir estar com quem quer e com saudades de quem não quis estar, por motivos alheios a ele... Temos que agradecer tudo o que nos acontece e que quando acontece, é porque devia acontecer nessa altura, se calhar não era o destino fazer a viagem comigo, e assim poderia estar com alguém... As saudades apertam, mas o agradecimento é sempre enorme por estar, com quem quer que se esteja... A imensidão da gratidão é muito forte, porque se pode estar com todas as pessoas nos momentos em que se devem estar...

Indo ao infinito...


Por mais coisas que se possam dizer, existem sempre aquelas que dizemos e que mesmo que não disséssemos eram entendidas na mesma... Sei que o que existe é algo de bom, com vontade de melhorar sempre, a cada minuto que passa... tentando sempre fazer com que o que temos e desejamos, ande sempre perto... Pelo menos a certeza de que sou feliz, eu tenho, e que tudo o que tens, faz-me sentir cada vez mais amado... Agradeço por teres esperado e por teres estado do meu lado... Por acreditares em mim, por me ensinares que devemos fazer e ter... Simplesmente obrigado... Indo até ao infinito só para te ver feliz...

sábado, 14 de fevereiro de 2009

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Everything - from Michael Bublé


You're a falling star, you're the get away car
You're the line in the sand when I go too far
You're the swimming pool on an August day
And you're the perfect thing to say

And you play it coy, but it's kind cute
Ah, when you smile at me you know exactly what you do
Baby, don't pretend that you don't know it's true
Cause you can see it when I look at you

And in this crazy life, and through these crazy times
It's you, it's you, you make me sing
You're every line, you're every word, you're everything

You're a carousel, you're a wishing well
And you light me up, when you ring my bell
You're a mystery, you're from outerspace
You're every minute of my everyday

And I can't believe, uh that I'm your man
And I get to kiss you baby just because I can
Whatever comes our way, ah we'll see it through
And you know that's what our love can do

And in this crazy life, and through these crazy times
It's you, it's you, you make me sing
You're every line, you're every word, you're everything

So la la la la la la la
So la la la la la la la

And in this crazy life and through these crazy times
It's you, it's you, you make me sing
You're every line, you're every word, you're everything
You're every song, and I sing along
Cause you're my everything

Yeah, yeah

So la la la la la la la
So la la la la la la la la la la la

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Por eles...


Existem coisas que nos fazem ficar alegres, contentes, felizes, que nos fazem acreditar que somos algo que sempre sonhamos nos tornar, existem formas de demonstrar amor, que não são as mais correctas, existem formas de estar que podem não ser as melhores... Contigo aprendi, e estou a aprender a demonstrar esse amor que toda a gente fala e que se orgulha tanto, contigo aprendo a mostrar aquilo que sempre critiquei outro de fazer, que não gostei... Aprendi contigo que preciso de estar mais e fazer mais por... Contigo estou a recuperar o tempo perdido, contigo estou a lutar para ser alguém na vida de alguém, foste tu que me ensinaste o que precisava de aprender, obrigado pela ajuda, e por me fazeres lutar por aqueles que me amam incondicionalmente e que precisam que esteja do lado e ao lado... Obrigado, mesmo... Obrigado... Contigo aprendo a lutar por eles...

Amando-te Infinitamente...


Ao passar numa florista, hoje, percebi que não ia ter tempo para te oferecer algo pelo amor que me tens dado, então entrei e comprei, mas pedi a alguém fofo que te viesse entregar as flores pelo amor que tenho por ti... Amor, amo-te infinitamente, não apenas somente... Amor, obrigado... Amor, Amo-te... Amor... Apenas meu amor, obrigado...

domingo, 8 de fevereiro de 2009

A perfeição dentro da Imperfeição...


Num amor perfeito, existem duas pessoas que se amam, que se adoram e que se idolatram, que são amigos e que são o mais que tudo do outro... Dentro da perfeição que és, consegues mostrar a que a imperfeição do mundo é algo mais que a que julgava ser... Pois a perfeição que és, mostra tudo o que de imperfeito existe... És a perfeição mais perfeita dentro da imperfeição... Amor, Amo-te... My Love you are my averything... És a minha perfeita perfeição de ser perfeito, deixando assim toda a imperfeição de lado e mostrando que ser perfeita é algo que apenas os seres perfeitos conseguem mostrar... És acima de tudo a perfeição dentro da imperfeição... Me gusta tu...

Amor...


Até imagens que nada tem a ver com o amor, pode se conseguir sempre aproveitar algo para ele... Até mesmo onde nada aparece que o amor possa existir, ele está lá, ou pela pessoa que tira a foto, ou por quem participa nelas... Amor, em todas as fotos que apareces o amor está sempre lá, pois o amor que me tens, faz com que cada um delas seja explicitamente bela para quem observa... Amor, todos os gestos que tens, desde o simples ir com a colher à boca, fazes dele, um momento perfeito... Fazes com que a observação dos teus movimentos seja algo de maravilhoso, adoro ficar a observar-te, pois a tua beleza enche o meu coração de alegria, faz movimentar o meu coração mais depressa, faz a minha respiração ficar de maneira a poder aproveitar o momento... Amor, apenas para dizer que o amor que sinto por ti, cresce... A chama a cada dia que passa está mais alta... Amor, obrigado pelo amor que tens por mim e por aceitares o meu... Amor, apenas Amo-te infinitamente e não somente...

Descobertas...


Como é que algo tão pequeno esconde tanta coisa, desde emoções, a sentimentos, a prazeres, como é que algo tão pequeno, faz com que seja algo grandioso de se falar, e de se mostrar??? Como é que um gesto tão simples pode ser tão sedutor, tão imensamente grande, que queremos que dure uma eternidade, para podermos retirar o maximo prazer do momento... Simples como as coisas são e no final são as mais belas e mais sensiveis... Às vezes não são as mais complicadas que nos deixam com as emoções todas, basta apenas ser aquela simples, naquele momento certo e que nos dá a sensação de que valemos a pena, pois estamos a passar por aquilo, e afinal não é algo que não se goste... Sensaçoes que se retiram de momentos simples e belos quando bem executados e sem pressas... E tu, sim, tu, sabes bem faze-lo, sabes bem, quais os momentos e as velocidades que se deve ter para cada e determinada sensação... Como ter algo pequeno ou grande no momento certo... Como esconder sem o fazer... Como tocar nos momentos certos, levando-nos a querer repetir esse momento e que ele dure para sempre... São momento destes que me fazem querer viver neste mundo que estou... Que me fazem ver o que és... Quem és e o que me fazes sentir sempre... Cada vez tenho mais a sensação que te conhecia ainda antes de nascer... Agora que estamos juntos, vamos descobrindo as coisas mais belas, de locais que não sabiamos que lá estavam... E para quem leu e só pensou em Sexo, não foi... Apenas tu, sabes a que me refiro... E todas as sensações que descobrimos juntos, fazem-nos fortalecer ainda mais o nosso amor... Me gusta tu...

O meu vicio...


O meu vicio, aqueles que nos fazem procurar sempre aquilo, estar sempre à procura de algo, isso é um vicio, ou então aquilo que nos faz sentir bem e que por isso queremos sempre... Ou então é algo que nos está entranhado no corpo e que não nos deixa largar algo... Existem algumas definições para tal... Mas o meu vicio, pode ser a definição que vocês quiserem, apenas sei que o meu vicio és tu: Diana... Afinal o meu vicio é algo que me leva para um local onde poucos podem e conseguem chegar, ao paraiso... O meu vicio é o meu paraiso que por tem como nome Diana... És o meu vicio e a minha vida... Tens a minha alma e no meu sangue não correm globos vermelhos e brancos, mas sim Diana... Apenas isso, não sei, mas o meu Vicio é tu!!! Me gusta tu...

Sensualidade em Letras...

A sensualidade quando é realmente bem apresentada, pode aparecer como quiserem, pois todo o sentimento que lhe é imposto faz com que resulte... Estando sempre presente o lado erótico, o lado do amor, o lado pessoal da cada um, fazendo com que cada um demonstre a sua sensualidade de maneiras diferentes... Utilizando diversas partes do corpo, gestos, olhares, existem diversas formas de se ser sensual... E ultimamente, descobri que a sensualidade pode aparecer em letras, escritas, ditas, fazendo com que a pessoa amada, se sinta ainda mais amada... Fazendo sempre jus ao seu amor por nós... Utilizando cada palavra, que colocada naquele local e junto daquela frase, demonstra a sensualidade que temos dentro de nós... Quando bem feita, a sensualidade arranca sempre um beijo, um abraço, um arrepio, qualquer coisa de bom, na pessoa amada... Amor, toda a minha sensualidade te pertence, toda ela é tua... E já agora, aproveito que a tua me deixa no topo do mundo... És linda, bela, e fazes de mim o homem mais feliz do universo... Fazes de mim tudo o que sou... Meu amor, Me gusta tu... Anata no watashi no kokoro desu... Kissu... You are my everything...

Nos teus braços...


Uma excelente forma de sentir o teu corpo, apenas sendo abraçado pelos teus braços, e enrolado pelas tuas pernas, deixando-me completamente tranquilo, sereno, e com o teu amor, a rodear-me, sinto-me como se fosse algo que mereces... Como sendo fruto de um sonho, o nosso amor, que nos deixa assim, felizes e entusiasmados, mesmo com as frustações que a vida nos vai dando... Nunca nos derrubando, porque sabemos que quando estamos juntos, ajudamos a que a vida seja bela...

Um verdadeiro botão...


Como qualquer flor, existe sempre aquelas especiais, aquelas que nos chamam à atenção quando as vemos... Assim, como tudo na vida, existe sempre algo que nos prende a atenção e que nos faz vibrar de uma forma tal que nos deixa muitas vezes sem respiração, com suor nas mãos, de uma forma tal, que perdemos mesmo sentido e deixamos de conhecer o nosso corpo, como sempre o conhecemos... Ainda hoje me provocas isso, ainda hoje és aquela flor que me deixou de uma forma tal, ainda hoje a tua beleza me deixa a olhar para ela, horas a fio... Fazendo com que o amor que senti no inicio, seja inferior ao que sinto hoje, deixando a chama ainda mais acesa, deixando o que de belo a vida tem, não fazer qualquer sentido sem te ter do meu lado... Me mostraste o quão belo as flores são e todas as luzes que delas saiem... Amor, és a minha verdadeira flor, o botão mais belo das flores existentes, aquele que à medida que passa, fica cada vez mais belo e que a cada dia que passa, me mostra a beleza que a vida tem... Amor, Me gusta tu!!!

Abraço nu...


Sendo algo maravilhoso, quando nos abraços, com nossos corpos desnudados, deixando apenas fluir o nosso amor, sem fazer nada, apenas ficando nos braços, sentindo o que nos rodeia e a felicidade que sentimos, por nos termos um ao outro, nos braços... Por olharmos olhos nos olhos e vermos que o amor que sentimos, é também o mesmo que o outro sente... Abraço nu, aquilo que nos faz realmente relaxar, sentimos-nos seguros desta forma... Apenas o calor que provem dos nossos corpos, mesmo nos dias mais frios, chega para nos aquecer, e por isso desnudados faz nos sentir quentes e amados...

Prazeres...


Só de lembrar as vezes que me fazes ir e voltar, me mostras a lua e plutão, as viagens que me fazes ter, perante o mesmo local... mudando apenas os sitios, sendo o local, os teus braços... Deixando os dedos percorrerem caminhos escondidos, alargando horizontes, e mostrando os prazeres do toque... Caminhando pelos corpos nus, com lingua, com dedos, com algo que nos faça sentir unicos, sentimo-nos amados nos momentos em que nos tocamos, deixando ainda mais no ar, a verdadeira lamechiche que é o amor... Sendo apenas dois corpos de duas pessoas que se amam e que se adoram tocar, não deixando nunca pedaços intocaveis, nem fugindo a nenhum toque, nem nenhuma sensação... Amando-nos completamente até chegarmos a bom porto... Nunca ficando apenas pela lua, navegando bem para lá dos horizontes visiveis... Eu e tu, corpo a corpo, sensações inegaveis e incomparaveis... Amando-nos apenas como dois simples mortais...

Amor it's for you...

Loucamente Apaixonados...


Naquela tarde, de sol, com nuvens que ameaçavam chuva, com frio que nos fazia tremer, aquecedor ligado, com tantas coisas para fazer, fomos falando, até que os nossos labios se juntaram e a partir dai foi uma junção de sensações, que nos fez voar do local onde estavamos e ficamos embrenhados nos nossos braços e corpos, parecendo que estavamos colados um no outro, encostados na parede, beijando-nos como se fosse um beijo que não tinha fim, passando por diversas partes do teu corpo, não deixando nada sem que os meus labios não passassem, deixando-te com uma respiração de prazer, com o coração aos pulos, foram-se despindo as roupas que pareciam imensas e que não deixavam beijar o teu corpo naturalmente, tendo que fazer desvios, por causa da roupa que apenas estorvava naquele momento, indo os corpos ficando cada vez mais desnudados... Tocando além dos labios, com os dedos, e com o corpo, estando o corpo a ficar cada vez mais quente... Deslocando-nos, com labios colados, até aos lençois com lindos e belos corações, fazendo com que aquilo que estavamos a sentir, ainda nos envolvesse mais... Já com os corpos desnudados por completo, deslizamos com os corpos, de forma a que os nossos corpos se sentissem acomodados a cada um e que se conhecessem, sem ter que mostrar nada a nada... Apenas a descoberta deles, ainda nos fez voar mais alto... Beijos percorrentes pelo teu corpo todo, não deixando nenhum pedaço sem o toque dos meus labios, e algumas mordidelas à mistura... Deixando-te cada vez mais louca... À medida que o tempo passava, sem nos apercebermos disso, iamos voando cada vez mais alto... Até que a determinado ponto, cruzamos nossos corpos, até ao infinito... Me gusta Tu!!!

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Sensações...


Com imensas coisas para se fazer, em momentos assim, até esquecemos tudo o que nos rodeia... Contigo, quando provocas sensações que me deixam em algo fora de normal, deixamos de sentir o frio, o calor, a chuva, o sol, deixamos mesmo de sentir tudo o que nos rodeia, apenas interessando o que se passa contigo... Apenas tu és algo que deixa assim as coisas, sem qualquer importancia, passando tudo e todos... Com chuva, algo poderoso... Com frio, algo aquecedor... Com calor, algo refrescante... Com sol, algo que nos protege... Tudo sempre ao teu redor, tudo sempre o que nos importa, eu amo-te... Me gusta tu...

Cartas de amor...


Podemos ter imensas formas de dizer que amamos alguém, que adoramos estar com essa pessoa, que queremos o melhor para ela, e tudo o que de bom essa pessoa nos faz sentir, pode ser por escrito, por palavras, até mesmo por gestos, mas apenas existe uma forma de fazer uma carta de amor, escrevendo o que sentimos por essa pessoa... De todas as formas que podemos expressar o nosso amor, a que deixa mais vezes a outra pessoa é com cartas de amor e flores a acompanhar... Existem, formas e formas de mostrar o nosso amor, existem milhares de palavras que podemos colocar numa carta de amor... O principal é deixar expresso o que sentimos por alguém... Aqui, não sendo uma carta, mas sim um post, aproveito para te entregar as flores que mereces e o papel a condizer com uma carta de amor... Amor, Me gusta tu... Amor, you are my everything... Amor, anata no watashi no kokoro desu... Amor, apenas amo-te infinitamente e não simplesmente... Amor, amo-te...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Diana my Everything


No dia em que decidiste aceitar eu ser como sou, vieste embora do teu habitat, deixaste tudo por um sonho, descobri, nesse mesmo dia que os sonhos foram feitos para ser realizados, para lutar por eles sempre... No dia em que a tua beleza ainda ficou mais realçada pelo teu andar, percebi que os anjos existem e que são os seres mais perfeitos do universo... Criados para dar alegria, para serem a mostra da felicidade... Sorriso que alegra, felicidade que irradia, sentimentos alegres, tudo o que tens, apenas mostra a tua simplicidade e beleza inigualável... You are my everything... Me gusta tu...

Perfeição...


Sonhos que não podemos esquecer, pensamentos que apenas queremos lembrar, sentimentos que desejamos ter, ideais que nos fazem combater, ideias que surgem do nada e que valem ouro... Tudo o que podemos ter, tudo o que nos faz ser, tudo, é apenas a ilusão de que somos perfeitos sozinhos, mas se a perfeição existe, ela apenas aparece quando tu estás do lado... A perfeição és tu, mais nada... Amo a tua perfeição dentro desta imperfeição do mundo... Amo-te Diana... Diana Amo-te...

Louco apenas...



No leito do mar, acoplado pelo rio, vindo uma embarcação cheia de sonhos, rindo lá dentro almirantes, piratas e outros que tais, fazendo tamanha algazarra pela festa de chegar a bom porto, com tudo e mais além, sem nada e apenas com a roupa e sapatos nos pés... Com conhecimentos inatingíveis, julgavam eles, com mulheres e filhos desertos de esperança nos tesouros encontrados, tudo em festa, tudo gritava... Alegria de um povo que fica contente com o pouco e o nada procura... Julgava-me um dos tais, mas não o sou, e por isso mudei... Conheci uma sereia no mar, que me mostrou, dentro do oceano, as maravilhas que temos que ver... Fiquei e vi, gostei do que vi, procurei o que vi... Hoje, perto de ti, tenho o que vi e mais que não vi... Senti e olhei para deslumbre tal, que hoje meus olhos são teus, meus dedos a ti pertencem, minha mente a ti vê, meu corpo por ti anseia... Sem mais nem porque, apenas porque, Te amo...

O meu anjo...


Só para provar que os anjos não tem que andar sempre de branco e que quando são reais, qualquer cor lhes assenta bem... e a ti, meu amor, qualquer cor é fabulosa... Linda como sempre, deslumbrante como nunca... Me gusta tu!!! Diana, you are my everything...

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Dois corpos desnudados...

Quando se tocam dois corpos desta forma, não significa que o sexo esteja envolvido, podem apenas estar estabelecidos momentos de prazer pelo toque, sem ter que chegar a lado nenhum, quando estão neste ponto, o que mais importa é o que o outro sente aquando do toque, o que mais importa é o sentimento colocado no acto de acariciar... Apenas momentos de silêncio em que a respiração pode tomar alguns picos, mas sempre tentando manter a forma do corpo... E tu, sabes fazer isto melhor que ninguém... sabes como o fazer, sem ter que chegar a lado nenhum...