quinta-feira, 8 de março de 2007

O que dizer...

O que se pode dizer... Nada, absolutamente nada... Porque não sei... Mas apenas sei que não se pode dizer nada... Tenho que me convencer que quanto mais se anda atrás, mas se foge, então mais vale fugir, para ver se vêm atrás de nós... Já agora, o que se passa hoje em dia??? Não sei... Sei que cada vez mais anda sem palavras e sem nada... Preciso de me distanciar, para poder voltar a ser o que era... Preciso de tempo, para mim... Sei que neste momento pouca conversa consigo ter... Foram meses muito complicados... Agora dei conta que preciso de descanso... Estou no limite para o esgotamento... Preciso... Será que mesmo com tempo, voltarei??? Ou morri para sempre nesta personagem, quase sem graça... Nesta personagem que muda de humor tão de repente... Não era assim... Parece que morri e reencarnei numa personagem que não é a minha... Apenas o corpo é... O resto parece que não me pertence...

1 comentário:

liana disse...

tenho pena. Mas se achas que as coisas estão assim, então de nda serviu tudo o que te tentamos dar para te trazer de volta, todo o nosso trabalho foi em vão. Fico triste pois foram meses deitados fora, mas que apenas percebi agora, achava que tinha feito um bom trabalho e que te tinha ajudado, afinal mais uma vez estava redondamente enganada. Eu paro por aqui. Nos dias que correm estou sem g«força para lutar por mim quanto mais pelos outros e estou cansada de bofetadas. como se diz em giria comercial fechei para o mundo para balanço. Adeus e desculpa não ter sido capaz de te ajudar.